Sinais de stress

Por :Vida de Qualidade
www.vidadequalidade.org
Sinais de stress
 

Quando damos por nós a nos irritarmos com as coisas mais insignificantes, nota-se a tensão dos músculos e, algumas vezes, até a pele muda devido às contrações feitas no rosto ao longo do dia. Este mal tem um nome. Stress. Estes são sinais de stress que se resolveu instalar.

Longe de ser exclusivamente um estado de alteração emocional, o problema do stress traz uma série de sintomas físicos que vêm atrapalhar o nosso dia-a-dia. O corpo fica cansado com pouco esforço, a dor de cabeça não passa, o apetite enlouquece de uma hora para a outra e o coração dispara numa taquicardia que chega mesmo a assustar qualquer um e existem pessoas que chegam mesmo a  reclamar sentir tonturas. De facto, um dos sinais de stress é a sensação de insegurança e tontura, o que, num primeiro momento pode ser confundido com uma labirintite.

 

 

Esteja atento

Os sinais de stress, que alertam para que uma pessoa suspeite sofrer deste mal, é quando o corpo vem emitir sinais físicos, emocionais e mesmo comportamentais. Sinais de stress de ansiedade podem mostrar-se através de distúrbios no sono ou insónia, bem como irritação, falta de concentração, preocupação excessiva, de tristeza e frequentes alterações de humor.

Mas também existem sinais de stress físico, como o se ter uma postura curvada, suores frios, fadiga ou cansaço crónico, aumento ou perda de peso, tremores, esgotamento e taquicardia. Mas há que se notar que podem existir sinais de stress que um médico não consegue identificar, ou atribuir a outras condições físicas, tais como sinais comportamentais ou ter um comportamento exagerado e agir por impulso, já para não falar no consumo de drogas e álcool. Estar em constantes mudanças de emprego, demonstrar insatisfação e baixa auto-estima ou mesmo isolar-se nos relacionamentos.

De facto, o stress causado pelo trabalho também acaba por ter pesados reflexos na harmonia familiar. Os adultos regressam tarde a casa, sem tempo para estarem com os filhos ou entre eles. Mesmo em férias, os telefones tocam e os computadores portáteis continuam a funcionar.

Quem sofre de sinais de stress, deverá conhecer as quatro fases do stress, que no seu nível máximo, com a chegada do corpo à exaustão, o organismo enfraquece e a pessoa fica debilitada.

No início, o stress é apenas um estado de alerta. O corpo dá os primeiros sinais de que algo mudou com a contração dos músculos e aumento da produção de adrenalina. De qualquer forma, o efeito positivo do stress deve durar, no máximo, 24 horas. A partir daí, é preciso ter cuidado para não entrar na fase da resistência.

A terceira fase é denominada de quase exaustão. Os sinais de stress são a irritabilidade, gastrite, oscilação da pressão arterial, alteração da glicémia, queda de cabelo, ansiedade e depressão.

Segundo alguns especialistas, esta fase pode mesmo levar à morte. A pessoa pode sofrer um enfarte, um derrame cerebral ou um cancro. É claro que não é o stress que causa essas doenças, mas ele enfraquece o organismo, debilitando a pessoa de tal forma que outras doenças, já geneticamente programadas, comecem a surgir.

 

Livre-se do Stress com EFT e terapias que Equilibram Harmonizam e Restauram seu Equilibrio Natural

Terapia Holistica em Curitiba    Terapias Naturais       41 3599-9922     9654-2909