T P M

Segundo a Medicina Ocidental a Tensão pré-menstrual está presente em 72% à 80% das mulheres.

Os primeiros relatos datam de HIPÓCRATES, cerca de 400aC.

Quase não encontramos explicações convincentes na ciência ocidental. Alguns autores relacionam

a TPM a distúrbios hormonais e até como uma espécie de depressão cíclica, outros com deficiên-

cia do GLA (ácido gama linoleico) presente na natureza em apenas alguns óleos vegetais

(óleo de prímula) Talvez mulheres com TPM tenham menores quantidades de magnésio circulante.

A elevação do hormônio Aldosterona na segunda metade do ciclo menstrual, é responsável pela

retenção de sódio por parte dos rins, o que chega a provocar um aumento de peso de até 3Kg

em algumas mulheres.

De 7 a 10 dias antes da menstruação, há uma redução mais acentuada da Serotonina (substância

produzida pelas células nervosas responsável pelo humor), daí o mau humor.

Os sintomas da TPM são múltiplos, começam de 7 a 10 dias antes da menstruação, com intumes-

cimento mamário, inchaços, retenção de urina, irritabilidade, raiva, nervosismo alternando com

depressão, tristeza profunda e melancolia, insônia.

Mulheres próximas ao período da menopausa, devido a alteração e modificação de tipos de hor-

mônios estrogênicos, sofrem mais com a TPM.

Segundo a Medicina Chinesa, quem alberga o SHEN, o espírito (ou a mente) é o coração.

Contudo o fluxo das emoções é relacionado ao fluxo de Qi (energia) do fígado. Por isso a mens-

truação e a TPM na mulher é diretamente relacionada às emoções daquele mês. Quando as

emoções não fluem normalmente através do fígado, começam a ficar retidas no SHEN (mente)

e isto causa distúrbios da vida psíquica da pessoa, ocasionando mau humor , nervosismo, irri=

tabilidade , instabilidade emocional. Portanto a TPM e as irregularidades menstruais segundo

os chineses, tem direta relação com a energia do fígado feminino.

Tratamentos:

- Dieta: fontes de Vit. E como azeite de oliva, óleo de girassol, farinhas integrais em geral, aspargo.

Espinafre, couve e agrião. Fontes de Magnésio: Cereais integrais, farinha de centeio, trigo integral

de soja, germe de trigo, cevada. Nozes, castanha do Pará, avelã, castanha de caju, neste pe-

ríodo devem ser ingeridas diariamente.

- Evitar excesso de sal

- Pratica de exercícios físicos, são de máxima importância para o metabolismo cerebral.

- Medicações: óleo de prímula 1g por dia, Magnésio de 200 a 400mg/dia, homeopatias que serão

prescritas individualmente, fototerapias chinesa e brasileira conforme exame clínico energético

pessoal.

-Reposição de vitamina B6.

-uso de homeopatias e fitoterapias brasileiras e chinesas específicas para cada mulher respeitan-

do sua individualidade de sintomas.